Sem base, os painéis solares podem ter seu sistema de funcionamento comprometido

 

A base de fixação do painel solar fotovoltaico, parte fundamental desse sistema de economia de energia, promove principalmente segurança contra ações de ventos ou tempestades. A garantia de que o painel não sairá voando, por exemplo, é o que atrai muitos arquitetos a incorporarem o suporte nas construções.

Com duração média estimada de 30 anos, os painéis solares fotovoltaicos demandam pouca manutenção. Foto: Freepik

O processo começa com a composição do espaço em que as placas serão instaladas. Seguindo com o layout do sistema, a equipe construtora sobe no telhado e marca o local exato onde ficará o painel.

No geral, os suportes são desenhados e customizados para serem fixados com ganchos em qualquer tipo de telhado, de foma que garanta e atenda a inclinação ideal para os painéis fotovoltaicos. Os materiais variam de alumínio a aço inoxidável, e é indicado que contem com proteção contra corrosão.

O aço galvanizado também é muito utilizado, já que as estruturas devem durar tanto quanto o sistema. Entretanto, antes devem ser avaliadas quanto ao peso, estabilidade e vida útil, evitando manutenções prematuras na instalação.

É essencial analisar qualidade do produto antes de comprá-lo, e solicitar um profissional capacitado para a instalação. Dessa forma, o equipamento funcionará corretamente e pelo tempo estipulado pelos fabricantes.

 

Fontes: Portal Solar