De acordo com a Pesquisa Abrainc, dos 71 mil funcionários ativos o número de recuperados é de 6.140 (8,6%)

 

Impactos da Covid-19 nos Canteiros de Obras. Foto: Getty Images

Impactos da Covid-19 nos Canteiros de Obras. Foto: Getty Images

 

A Associação Brasileira de Incorporadoras Imobiliárias (Abrainc) realizou entre os dias 10 e 12 de março a 46ª Pesquisa junto a suas associadas para mostrar como está o andamento das obras e os procedimentos que estão sendo realizados nos canteiros para proteger os funcionários dos efeitos do novo Coronavírus (Covid-19).

 

 

De acordo com a 46ª Pesquisa Abrainc, dos 71 mil funcionários ativos o número de recuperados é de 6.140 (8,6%), casos suspeitos ativos são 408 (0,6%) e infectados ativos, 235 (0,3%).

 

 

Há 5 casos de internações hospitalares. O número acumulado de óbitos desde março/2020 é de 12 (0,02%).

 

 

Segundo a pesquisa, há 22 obras paradas devido a restrições locais. De acordo com a pesquisa, a idade média dos trabalhadores em canteiro de obra é de 35 anos. Além disso, as atividades são sempre realizadas em espaço aberto e em geral com bom espaçamento.

Fonte: Revista Grandes Construções